A Sohn Brasil fará você ganhar dinheiro — e ser uma pessoa melhor

  por   0   0

Tá aí um evento com a ‘cara’ do mercado financeiro — e o espírito do Natal.

Na quarta-feira (6/12), o Brasil terá sua primeira edição da Sohn Conference, o evento filantrópico anual que reúne grandes gestores de Wall Street para compartilhar, em primeira mão, suas ideias de investimento mais promissoras.

O valor do ingresso — R$ 5 mil por pessoa — vai direto para a conta bancária da TUCCA, a entidade fundada pelo oncologista Sidnei Epelman que há mais de 20 anos viabiliza o tratamento do câncer para crianças e jovens carentes, cobrindo custos de moradia, transporte e alimentação para famílias de pacientes que moram fora de São Paulo.

Se não há dúvida de que a causa é nobre, o retorno sobre o investimento é quase garantido.

A edição brasileira terá como palestrantes Bill Ackman, da Pershing Square; Maurício Bittencourt, da M Square; Daniel Goldberg, sócio do Farallon Capital no Brasil; André Jakurski, fundador da JGP; Hernan Kazah, co-fundador do Mercado Livre e hoje no Kazek Ventures; Beeneet Kothari, que foi o gestor de telecom, mídia e tecnologia de Stanley Druckenmiller na Duquesne Capital; Steve Quamme, co-fundador da Cartica, uma gestora focada em governança fundada por ex-funcionários do Banco Mundial; e Luis Stuhlberger, o gestor do fundo Verde.

Às vezes, nem tudo dá certo. Foi na Sohn de 2012 que Ackman acusou a Herbalife de ser uma pirâmide, e apresentou pela primeira vez sua tese ‘short’ apoiado num slide de 342 lâminas. Naquele dia, a Herbalife caiu 12%, mas Ackman está até hoje suando a camisa para voltar ao breakeven.

A Sohn Conference nasceu do desejo de uma família de transformar uma tragédia numa força para o bem. Quando Ira Sohn morreu de câncer aos 29 anos, sua família e amigos decidiram levantar dinheiro junto a Wall Street — onde Ira trabalhava — para apoiar a oncologia pediátrica. A ideia era fazer um ganha-ganha: as pessoas doariam dinheiro para ouvir ideias de investimento, e poderiam fazer mais dinheiro ainda executando aquelas ideias.

Ao longo de 23 anos, a conferência já levantou US$ 80 milhões e estava até agora em nove países. O Brasil é o décimo.

A organização da Sohn no Brasil mostra que é possível alavancar uma rede de contatos poderosa para gestos que vão além dos negócios.

Em Nova York, o evento acontece todo ano no David Geffen Hall do Lincoln Center. Em São Paulo, será no auditório do Pinheiro Neto Advogados, que abraçou o evento, cedeu o espaço e ajudou a organizar. (Ano que vem a organização buscará mais apoiadores.)

No auditório do Pinheiro Neto cabem apenas 200 pessoas; 120 ingressos já estão vendidos. Acesse http://www.sohnconference.org/brazil/ e garanta seu lugar!

Por Geraldo Samor – Brazil Journal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.